Seguro de Carros Financiados: Como funciona?

Hoje em dia, no Brasil, a compra de veículos por meio de financiamento é uma prática extremamente comum. E isso se explica pelos preços e condições cada vez mais atrativas, além do sonho de ter o carro próprio – em alguns casos, até zero quilômetro – soar ainda mais perto e possível, já que dessa forma não há uma descapitalização total do dinheiro. E depois de muito suor, quando o carro chega com cheirinho de novo, a primeira preocupação é em relação à segurança do veículo. Até porque, imagine você na seguinte situação hipotética: uma pessoa com um carro na mão, financiado em 60 vezes, não faz um seguro. Já no quarto mês, o carro é roubado e não é recuperado. E então? A pessoa vai continuar pagando por um carro que nem tem mais? É uma situação delicada, mas muito mais frequente do que você imagina. Por esse motivo é de extrema importância deitar a cabeça no travesseiro e saber que seu bem está segurado.

Como funciona, então, o seguro auto de carros financiados? Eis a questão de suma importância para quem deseja comprar um carro novo financiado e não quer entrar na lista dos carros roubados no Brasil (um por minuto!).

No ato da compra do carro financiado, leve em consideração que o automóvel ainda não é seu. Quem te fez um “empréstimo” foi alguma instituição financeira ou até a própria montadora; mas ele precisa ser quitado nas parcelas do financiamento.

O zelo com o seu veículo é essencial para evitar quaisquer furtos, roubos ou depreciações. Mas você estará protegido caso alguma situação adversa ocorra. Para veículos financiados, o propósito em relação aos veículos quitados é o mesmo. Por esse motivo, não há dificuldades ao explicar como funciona o seguro de carros financiados, a única divergência se atém ao momento de realizar o pagamento da indenização.

Como funciona o seguro de carros financiado

Via de regra, os seguros de carros financiados são idênticos aos seguros de carros quitados. A única diferença será em uma possível indenização no caso de alguma perda total.

Mas não se desespere! Ainda há duas maneiras de receber o pagamento integral de uma indenização com um seguro de carro financiado.

O primeiro modo se dá pela seguinte forma: o cliente quita o saldo devedor com a financeira ou com a montadora e, assim, conclui a dívida com uma das duas. Assim, o recebimento da indenização do carro é integral e de acordo com a tabela FIPE do mês vigente.

Como funciona pagamento de seguro de veículo financiado se eu quitar

Imaginemos o seguinte caso hipotético: segundo a tabela FIPE, o seu carro vale R$ 50.000,00, mas você ainda precisa quitar R$ 20.000,00 com a instituição que financiou o seu veículo. Agora, é preciso somente quitar o pagamento do valor faltante e a seguradora lhe devolverá, sem descontos, R$ 50.000,00.

Como funciona pagamento de seguro de veículo financiado se a seguradora quitar 

Se for o caso do cliente não desejar quitar o montante ou não tenha o valor disponível, há outros meios, como, por exemplo: a seguradora pode quitar o saldo devedor diretamente com a instituição que financiou o carro do cliente e, assim, ele recebe apenas a diferença.

O caso hipotético segue quase o mesmo: segundo a tabela FIPE, o seu carro vale R$ 50.000,00, mas você ainda precisa quitar R$ 20.000,00 com a instituição que financiou o seu veículo, mas não deseja ou não pode arcar com esse montante. Agora, a seguradora se encarrega disso e desconta no pagamento da indenização. Ou seja, com os R$ 50.000,00 menos os R$ 20.000,00 restante do financiamento, a seguradora te ressarcirá com R$ 30.000,00.

O melhor seguro para seu veículo financiado você encontra na Etele.

Caso você seja o proprietário de um veículo financiado e entendeu a importância de mantê-lo seguro, entre em contato com a Etele para que possamos apresentar o seguro mais adequado ao seu perfil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *